Sábado, 24 de dezembro 2016
 

Evandro Guimarães aponta o ataque como o "maior problema" do Salgueiro

O treinador do Carcará falou sobre a dificuldade do clube para contratar, da perda de jogadores do elenco e sobre os ajustes que estão sendo feitos para o Pernambucano


Por Emerson Rocha

O torcedor do Salgueiro está ansioso a espera de reforços para o time. Por enquanto, a diretoria salgueirense anunciou a chegada de apenas um jogador, o atacante Willian Lira, que vem para ocupar o lugar deixado por Piauí, emprestado ao Oeste. Até o momento, a única negociação do clube aconteceu justamente no setor que mais preocupa o técnico Evandro Guimarães. Além de Piauí, o ataque do Carcará perdeu Luiz Paulo, Tatu e Cássio Ortega.

– O ataque é nossa maior preocupação porque nós perdemos quase todos ali: Tatu, Luiz Paulo, Cássio e Piauí. Foram quatro atletas que nós perdemos. Aí, nós estamos carente nessa posição, mas isso são todos os clubes que têm esse problema – afirma Evandro.

 

Sem seus principais homens de frente durante o Brasileirão Série C, no Campeonato Pernambucano, por enquanto, Evandro tem como referências no ataque o recém-chegado Willian Lira e Álvaro, promessa da base que foi lançado no Campeonato Brasileiro. O treinador fez uma análise dos dois atletas.

– O Álvaro é uma grande aposta nossa, está trabalhando bem e esperamos que ele mantenha a mesma pegada, simplicidade, mesma maneira de querer aprender a todo momento, buscar e melhorar. Isso vai fazer com que ele cresça muito. Ele está em um nível muito bom, mas precisa evoluir um pouco mais. William é um jogador mais experiente, mas que precisa encaixar no nosso time. Se encaixar ali, vai nos ajudar bastante.Eu conheço o atleta. Trabalhou comigo no Barueri, trabalhou no Mogi Mirim com o Moreilândia. Esteve fora do país, esteve no Sampaio, estava no Operário do Paraná.

PRÉ-TEMPORADA E AJUSTES NO CLUBE

– Está sendo muito boa, muito concentrada a sessão de trabalho. Estamos aproveitando bastante para fazer alguns retoques no time, no clube principalmente. Nós estamos reestruturando algumas coisas aqui. Graças a Deus, estamos muito integrados, eu, Carlos José (gerente de futebol), Zé Guilherme (presidente) estamos fazendo as coisas tudo bem redondinha, bem conversado. Acho que vai dar certo.

REFORÇOS

– Está tão difícil as coisas, que nós não temos mais previsão de nada. Só estamos conversando e tentando arrumar a casa. Se tiver a possibilidade no mercado da gente trazer um atleta, nós vamos trazer. Nós estamos mapeado, eu te falo, que uns 60 atletas. Mas, assim, toda vez que você vai contratar, ou o jogador tem o interesse de um clube maior ou o clube que tem o poder financeiro maior, ou esbarra na questão de entraves financeiro. Você não vai contratar um jogador que ninguém quer, que está parado. Você quer contratar um jogador, pelo menos, de Série C. E esse jogador de Série C que você vai buscar, tem outros clubes também querendo. E como está em época de estadual, todo mundo quer. Então, não está fácil.

FAVORITISMO NO PERNAMBUCANO

– Não (tem favoritismo) porque nós perdemos muitos atletas. Desconfigurou muito nosso time. Temos que refazer, formatar de novo uma ideia de jogo, para depois pensar como nós vamos ficar. Estamos igual a todos. Temos os mesmos problemas financeiros, de contratar, esbarra em algum jogador que a gente tem interesse e tem uma Copa do Nordeste. Os jogadores de melhor nível estão indo para a Copa do Nordeste. Você vai perder jogador para o Sergipe, Confiança, Itabaiana, ASA, CRB, todos os clubes da Copa do Nordeste, até o Autos, Juazeirense, clubes pequenos, estão tendo mais poder de fogo do que nós porque tem a cota da Copa do Nordeste. Nós não temos.

 
 

 

 
 

 

 

©2013/2016 | Salgueiro Atlético Clube | Todos os direitos reservados