Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2019
 

Gideão e Luciano: concorrentes e pilares de um novo 

Salgueiro Reformulado, Carcará tem segurança e experiência no gol para seguir como uma das principais forças do interior de Pernambuco


Por Rômulo Alcofoado — Recife

Gideão e Luciano disputam uma vaga no gol do Salgueiro — Foto: Rômulo Alcoforado

O Salgueiro entra no Pernambucano bem diferente daquele com que o torcedor está acostumado. Nomes conhecidos como Rodolfo Potiguar, Moreilândia e Marcos Tamandaré já não atuam mais pelo time. A diretoria resolveu apostar em jogadores jovens, muitos deles poucos conhecidos. É no gol, porém, que vem a segurança e a experiência. Dois veteranos no Estado disputam posição - e são pilares do novo Carcará: Gideão e Luciano.

Aos 35 anos, Luciano é o mais velho dos dois. Experiência de sobra: são 14 pernambucanos disputados. Desde 2005, ele está no Salgueiro. É o último remanescente da geração que colocou o clube no mapa do futebol brasileiro.

- É muito tempo aqui. Gosto da cidade, gosto da torcida e vou para mais uma temporada no Salgueiro - diz o goleiro.

Ele, porém, não sabe se será titular. Seu rival e amigo é Gideão. Aos 31 anos, o capixaba é conhecido pelo torcedor pernambucano. Principalmente pela passagem no Náutico, entre 2011 e 2014.

Até hoje, o goleiro é grato ao Timbu, no qual viveu a melhor fase da carreira.

- Sou muito grato ao Náutico. Tive momentos bons, ruins, mas é um clube que ficou marcado na minha história. O melhor momento foi o acesso à Série A, em 2011. Aquilo foi um feito que ninguém esperava. Nem a torcida da gente esperava. Todo mundo dizia que a gente estava cotado para cair, no entanto conseguimos subir de divisão e fizemos história... LEIA MAIS em Globo Esporte.com [Clique aqui]

 
 

 

 
 

 

 

©2013/2019 | Salgueiro Atlético Clube | Todos os direitos reservados