Após a demissão de Paulo Júnior, João Paulo, que acumulava os cargos de auxiliar técnico e treinador da equipe sub-20, assume o time profissional. A estreia no cargo será neste domingo

 
   
 
Sábado, 17 de Fevereiro de 2018
 

João Paulo Santos assume o time do Salgueiro e pede paciência ao torcedor

Após a demissão de Paulo Júnior, João Paulo, que acumulava os cargos de auxiliar técnico e treinador da equipe sub-20, assume o time profissional. A estreia no cargo será neste domingo

Com a demissão do técnico Paulo Júnior, anunciada na manhã deste sábado, o Salgueiro será comandado nos próximos jogos por João Paulo Santos, de 25 anos, que acumulava as funções de auxiliar técnico e treinador da equipe sub-20 do Carcará. O primeiro desafio é neste domingo, às 20h, contra o Flamengo de Arcoverde. A missão é fazer o time voltar a vencer, após sofrer três goleadas consecutivas.

João Paulo vai comandar o time principal do Salgueiro nos próximos jogos (Foto: Emerson Rocha)

– A situação é difícil por conta das três derrotas seguidas. Então, você precisa fazer um trabalho estrutural psicologicamente com esses atletas. São os atletas que a gente tem, pessoas em que nós confiamos. Eu gosto desses desafios, dessa competitividade de buscar tirar o Salgueiro dessa situação. Pelo nome que o Salgueiro tem, pelos campeonatos que o Salgueiro fez, não é para estar nessa situação. A gente sabe das dificuldades porque mudou muitas peças, mas a gente tem um grupo que pode dar um pouco mais. E é isso que eu vou buscar extrair desse grupo já no jogo de domingo e, consequentemente, na quarta-feira contra o CSA. Apesar de todos acharem que o Salgueiro está morto, o Salgueiro não está morto. É uma situação difícil? É. Isso não tem como esconder de ninguém, mas eu vou tentar ao máximo e dar meu melhor para tirar o Salgueiro dessa situação, junto com os atletas porque sem eles não posso conseguir os objetivos sozinho – afirma João Paulo.

Embora esteja tendo a principal oportunidade de sua carreira, João Paulo Santos lamentou a saída precoce de Paulo Júnior do clube.

– Eu, particularmente, fico feliz pela oportunidade que está sendo dada pelo clube, de assumir a equipe principal do Salgueiro, mas também fico triste com a saída de um pai de família, um excelente profissional, que infelizmente está desempregado.

A campanha do Salgueiro tem desagradado o torcedor. O time está na sétima posição do Campeonato Pernambucano, com seis pontos ganhos em cinco jogos. Na Copa do Nordeste, o time está na lanterna do Grupo D, tendo perdido as duas partidas que disputou na competição.

- O torcedor está inchado por, infelizmente, a gente não ter conseguido embalar e ter essas derrotas. Mas, eu peço encarecidamente à torcida que tenha um pouco de paciência nesses primeiros jogos, principalmente comigo, porque é um trabalho que vai se iniciar, uma metodologia diferente, mas não vai fugir muito daquilo que estava sendo trabalhado para não complicar ainda mais. Vou tentar implantar minha metodologia para que a gente possa deslanchar nas competições. Peço um pouco de paciência da torcida, sei que é um momento difícil, mas peço um pouco mais de paciência para que a gente juntos, torcida, comissão, jogadores e direção, possamos colocar o Salgueiro onde sempre deveria estar.

 
 

 

 
 

 

 

©2013/2018 | Salgueiro Atlético Clube | Todos os direitos reservados